sábado, 10 de setembro de 2016




JEJUM INTERMITENTE



Boa noite a todas! O assunto de hoje é para refletirmos um pouco sobre nossos hábitos alimentares. Decidi colocar esta foto acima ilustrando este assunto porque ela é bastante impactante no que se diz respeito aos nossos cuidados sobre a forma e a importância que damos quando o assunto é alimentação. Muito se diz sobre quantas refeições deveriamos fazer por dia, qual o período que temos que dar entre uma refeição e outra. E aqui falaremos do mais importante que talvez nunca antes os estudiosos falaram e apresentaram respostas tão verdadeiras a este assunto, que é o jejum. Bem não esqueci sobre a foto acima não, ela retrada um estudo feito com 2 macacos rhesus, da mesma idade e família, ambos submetidos a diferentes tratamentos no ato alimentar. Vocês podem observar claramente que um macaco (A e B) se mostra bastante envelhecido em comparação ao outro macaco (C e D). Pasmem!!! Eles tem a mesma idade cronológica. A causa desta diferença está relacionada a quantidade de alimentos que estes macacos ingeriram durante toda as suas vidas, o macaco envelhecido vocês devem estar se perguntando, porque tanta diferença na aparência de ambos, se eles tem a mesma idade? A resposta segundo os estudos realizados, foi o simples fato do macaco mais envelhecido ter ingerido maiores quantidades de comida, enquanto o outro macaco que se mostra com uma aparência mais jovem na foto, foi o que comeu menos durante a sua vida, fez mais jejum. E você sabe o que é jejum? Jejuar? A resposta para esta pergunta é bem simples, jejuar é privar-se de comida seja de maneira total ou parcial. É uma prática milenar e existem diferentes motivos que levam uma pessoa a abster-se de comida: desde uma maior conexão espiritual, passando pelo aumento da concentração e produtividade até a desintoxicação e rejuvenescimento dos tecidos. Há muitos séculos o jejum é praticado principalmente por questões religiosas.Mas o fato é que o seu papel na melhora da saúde e redução de doenças é bastante investigado pela ciência.

Hoje para abordar então esta questão iremos tratar agora sobre o Jejum Intermitente. Você sabe o que é? Já fez? Então saiba um pouco sobre ele.

Jejum intermitente (“intermittent fasting” em inglês) é a prática planejada do jejum, na qual você estabelece os momentos em que vai comer e que não vai comer, baseando-se em diferentes protocolos. O jejum intermitente consiste em limitar a ingestão de alimentos a um periodo de 12 a 23 horas do dia. O periodo de alimentação é chamado de janela alimentar. 

O protocolo mais comum de jejum intermitente é não comer durante 16 horas, e comer todas as refeições nas 8 horas restantes. Outro exemplo é fazer jejum durante 20 horas e ingerir todos os alimentos em uma janela de 4 horas. Alguns protocolos indicam parar de comer durante um dia inteiro, e comer só no dia seguinte.

Durante o jejum pode beber água, café sem açúcar e chá sem açúcar. Eu recomendo um café americano durante a manhã, chá verde, chá de gengibre ou chá de hibisco. A cafeína ajuda na supressão do apetite e torna tudo mais fácil.

Mas atenção… O jejum não faz milagres. Para ter bons resultados é necessário comer com qualidade e na quantidade certa. Afinal, o corpo funciona a partir de alimentos que são consumidos por ele, assim se a alimentação é feita a partir de um cardápio saudável e equilibrado, o resultado será a eliminação de gorduras e melhora na sua saúde.

Alguns benefícios que o Jejum intermitente pode trazer para você:

  • Longevidade
  • Melhora da composição corporal (perda de gordura e manutenção ou ganho de massa magra, se os músculos forem exercitados)
  • Diminuição da produção de insulina
  • Aumento da sensibilidade à insulina, que faz com que o corpo metabolize o alimento da maneira mais eficiente
  • Renovação celular e estímulo da criação de novos neurônios
  • Aumento da produção de hormônio do crescimento
  • Limitação e diminuição do quadro inflamatório crônico
  • Melhora da concentração e da produtividade, não só por nos deixar mais alertas e dispostos, mas também pelo aumento de tempo disponível
  • Melhora no funcionamento cardiovascular, cerebral e metabólico.
  • Redução do estresse oxidativo (atua como um anti-oxidante, protegendo o corpo)

Então agora é com vocês! Leia um pouco mais sobre os protocolos do Jejum Intermitente, converse com o seu médico e programe-se para conquistar uma nova saúde pra você, e um corpo mais bonito!


CÍNTIA PERSONAL TRAINER
PARA CONTRATO DEIXE NOS COMENTÁRIOS


Referências: site Guia da boa forma; UFTM; Saude Ideal.


Nenhum comentário:

Postar um comentário