sábado, 24 de setembro de 2016



SOMATOTIPO, QUAL E O SEU TIPO DE CORPO?



Hoje irei falar sobre biotipos e tipos de musculação.Primeiramente é preciso entender que possuímos três diferentes denominações, baseadas em três componentes primários que são relativos a cada genótipo do indivíduo:

* Endomorfia: Refere-se a adiposidade;
* Mesomorfia: Refere-se a musculosidade;
* Ectomorfia: Refere-se a magreza.


Cada um desses biótipos são herdados geneticamente com características próprias que revelam a tendência de cada um. Mas, assim como a nossa idade, existe uma outra denominação que difere o que aparentamos com o que realmente temos, ou seja, quando falamos em biótipo, é o que herdamos, já o somatotipo se refere à técnica muito utilizada para identificar como o corpo se classifica atualmente.


Este assunto é bastante relevante para as pessoas que entram na academia para fazer atividade física buscando resultados e logo, logo desistem, porque não entendem o seu somatotipo e o que se pode esperar de resultados do seu corpo. Então não adianta malhar pensando que vai ficar igual a garota da capa da revista ou aquela amiga que você conhece. É preciso saber em que seu corpo pode se transformar e tudo isso baseado em uma dieta e musculação adequado para o seu somatotipo. Por isso, é tão importante ter um acompanhamento de um nutricionista e um personal trainer, e assim você conseguir os resultados que tanto almeja. Não despreze essas informações para que seu treino não seja em vão. Estes profissionais irão classificar o seu corpo em uma destas três denominações, para depois prescrever a dieta e atividade física adequada para você. Então se você estiver pensando em pegar a dieta da amiga, ou o treino, esqueça! O resultado é individual, então a adequação também deverá ser individual. Treine consciente!


Segue abaixo uma idéia de treino e dieta para cada uma dessas denominações:


CARACTERÍSTICAS DOS ECTOMORFOS





Os ectomorfos caracterizam-se por terem ombros, peito e quadril estreitos. Os braços e as pernas costumam ter pouco volume. Devido ao seu acelerado metabolismo, têm dificuldade em ganhar peso, tanto massa magra como massa gorda.

Um indivíduo predominantemente ectomorfo é esguio e magro. Os desportos de potência e força não são o seu forte pois a sua estrutura física deixa-os mais susceptíveis a lesões. São bons em modalidades que exijam resistência e ginástica.

TREINO ACONSELHADO AOS ECTOMORFOS

O treino com pesos não deve ser feito com muita frequência (ideal 3 sessões por semana) ou por muito tempo cada sessão. As cargas devem ser elevadas e os períodos de descanso entre as séries mais longos. As actividades aeróbicas devem ser pouco frequentes, pelo menos até a pessoa estar feliz com o seu peso e aparência.

DIETA ACONSELHADA AOS ECTOMORFOS

A dieta deve ser rica em proteína e deve comer mais do que está acostumado. Um ectomorfo deve mentalizar-se de que vai ter de duplicar ou até mesmo triplicar a quantidade de calorias que ingere diariamente. Será normal muitas vezes comer sem vontade.

A nível de suplementação, os gainers, ou seja, hipercalóricos recomendam-se. Será igualmente boa ideia consumir creatina e BCAA.



CARACTERÍSTICAS DOS MESOMORFOS






São os abençoados pela genética. Estes indivíduos apresentam uma estrutura atlética, com ombros largos e peito aberto. São definidos por natureza. A sua tendência natural para ganhar massa muscular facilmente torna-os em fortes candidatos a tornarem-se atletas de topo em qualquer desporto.

TREINO ACONSELHADO AOS MESOMORFOS

O treino de força ou resistência pode ser feito com mais frequência e as sessões podem ser mais longas. Não deve descansar muito tempo entre as séries.

DIETA ACONSELHADA AOS MESOMORFOS

A dieta destes indivíduos pode ser elevada em calorias, considerando que eles são fisicamente activos. Não é necessário consumir tantos hidratos de carbono como os ectomorfos porque possuem um metabolismo mais lento.

De resto, basta seguirem as recomendações gerais a nível de consumo de proteína (1,5g a 2g por quilo de peso corporal).



CARACTERÍSTICAS DOS ENDOMORFOS






Estes indivíduos encontram-se no extremo oposto dos ectomorfos. Têm um metabolismo muito lento e engordam com muita facilidade. É verdade que têm alguma facilidade em ganhar massa magra, mas a massa gorda também vem atrás.

Devido à sua estrutura, costumam ter dificuldades em exercícios que exijam uma grande capacidade de resistência, agilidade e/ou velocidade. Em contrapartida, as modalidades de força – como o powerlifting ou o halterofilismo – são ideais para eles.

TREINO ACONSELHADO AO ENDOMORFOS

A maior preocupação de um endomorfo deve ser a perda de gordura e adaptar um estilo de vida que o mantém longe dessa possibilidade. O treino de musculação deve ser feito com o objectivo de acelerar o metabolismo. Para isso, deve usar pesos moderados a um ritmo rápido (muito pouco descanso entre as séries e exercícios).

O cardio deve ser feito regularmente, sendo que o ideal é o treino intervalado de alta intensidade (HIIT).

DIETA ACONSELHADA AOS ENDOMORFOS

Devem limitar a ingestão de calorias (sem passar fome), especialmente aquelas provenientes dos hidratos de carbono simples. Devem comer refeições pequenas, mas frequentes. Açúcares, doces e junk food devem ser eliminados da sua dieta, mas isso aconselho pra qualquer uma meninas, por trazer somente malefícios para a nossa saúde! A nível de suplementos, podem recorrer a termogénicos, l-carnitina e outros estimulantes como cafeína.

A dica está dada, agora depois de tudo esclarecido, espero que você tenha se conscientizado para treinar e conseguir os resultados esperados. Que você faça a sua atividade física sem desistir e...bom treino!




Referências: Marins 2003; De Rose 1973; site Educação Física; site Tá fitness; Google Acadêmico.


Nenhum comentário:

Postar um comentário