domingo, 6 de novembro de 2016

SUPLEMENTOS ALIMENTARES



Bom domingo, dia de descanso...e dia também de entender um pouquinho sobre a suplementação alimentar! Todos os praticantes de esportes precisam mesmo de uma suplementação para os treinos? É mesmo importante para o meu desempenho físico, suplementar? Essas e algumas outras dúvidas vamos comentar neste post para maior entendimento dos suplementos.

Vamos entender primeiro como tudo funciona. Segundo o American College of Sports Nutrition (ACSM), o recomendado para atletas, é consumir 5 tipos de vegetais, frutas e legumes por dia, mas nós sabemos que dificilmente nós conseguimos ingerir todos esses alimentos no nosso dia, durante todos os dias. Quem tem o hábito da prática de esportes sabe também que há uma grande produção de radicais livres, diferente das pessoas que não praticam nenhuma atividade física. Para estes entende-se a importância da ingestão de antioxidantes, inibindo assim a ação destes radicais livres.

Existem algumas restrições na ingesta destes antioxidantes, bem como de todos os outros suplementos alimentares, para consumi-los deve-se estar atentas à intensidade e duração dos treinos, percentagem de massa gorda, idade, dieta e ambiente. Fora a dieta, quanto maior for a taxa destes fatores, maior será a necessidade de ingestão de antioxidantes e suplementos. Lembrando sempre, que para isso é necessário a orientação de um profissional qualificado em Nutrição, de preferência que esteja apto a nutrição funcional.

Quando se fala de suplementos não se trata apenas de capsulas de vitaminas e minerais. Estas todos nós já conhecemos, por serem bastante difundidas por quem sabe que algumas pessoas quais não conseguem os nutrientes que precisam somente da sua alimentação diária, recorrem a este recurso, são grávidas, atletas, ou pessoas com condições de saúde com algumas restrições.

Com a suplementação há uma melhora do potencial para produção de trabalho, ou seja, a otimização da utilização de energia, do esforço físico. Ou ainda melhor dizendo haverá uma grande melhora na performance do atleta.

Mas sabemos que a suplementação é adequada em determinadas situações, quando se tem que adequar demandas nutricionais do indivíduo à sua rotina diária, como trabalho, treino, competição, sono, estudos, e tempo disponível para alimentação. 

Os suplementos vieram para complementar a dieta normal, e só será aproveitada se a pessoa conseguir colocar em prática. Mas deixo aqui que é importante prezar por uma boa qualidade na alimentação, se você conseguir ter uma cardápio variado com todos os nutrientes, não será necessário recorrer à suplementação.


CONFIRA A SEGUIR ALGUNS DOS MAIS IMPORTANTES SUPLEMENTOS:




Repositores Energéticos: Produtos formulados a base de carboidratos simples, complexos ou mix de carboidratos. Permitem a manutenção dos níveis de energia durante a atividade física.

Hipercalóricos ou compensadores: São produtos que contém muito teor de carboidratos, mas não tanto em proteínas e lipídios, vitaminas e minerais. Os hipercalóricos fornecem calorias e energia, indicados para adequar os nutrientes à dieta. Quando consumidos juntamente com a prática de atividade física promovem o ganho de peso e construção muscular. Quando não estão associados à atividade física promovem ganho de peso.

Hiperprotéicos: São compostos exclusivamente por proteínas. Podem conter pequenas quantidades de carboidratos e vitaminas e são indicados para a construção muscular. São principalmente usados em atividades de força como a musculação, e também para pessoas que desejam aumentar a quantidade de proteínas da sua dieta, ou pessoas que fazem dietas para perda de peso e desejam ingerir em algum momento do dia exclusivamente proteínas, sem ingerir grandes quantidades de gorduras.

Aminoácidos: Compostos apenas de aminoácidos livres. É indicado para evitar o catabolismo protéico e a fadiga, promover a construção muscular. Dentre os aminoácidos existentes, os mais utilizados são: glutamina e os BCAA.

Repositores Hidroeletrolíticos: São produtos formulados a partir de concentrações variadas de minerais, carboidratos e vitaminas. Tem por objetivo a reposição de líquidos e eletrólitos perdidos durante a prática esportiva intensa.

Vitamínico – minerais: São suplementos que contém vitaminas e minerais, com o objetivo de suplementar a dieta de pessoas que apresentem carência dessas substâncias na dieta.

Termogênicos: São ricos em substâncias que aceleram o metabolismo (cafeína, guaraná, citrus aurantium, inositol, etc.). Contribuem na perda de peso e de gordura corporal.

Antioxidantes: São suplementos de vitaminas e minerais que agem como antioxidantes. Têm a função de combater os radicais livres produzidos durante o exercício.

Lipídios: Contém gorduras mono e poliinsaturadas que visam equilibrar a proporção lipídica no organismo, bem como prevenir doenças. O mais indicado é Ômega 3. 

Ainda temos o Whey Protein e a Caseina, como suplementos.


Para pessoas que não disponibilizam de tempo para realizar uma boa ingesta de alimentos saudáveis, ou atletas de alta performance, esta é uma grande saída para buscar nutrientes necessários ao desempenho físico.


Mas lembre-se, que para que ocorra a suplementação de forma correta, é preciso procurar um profissional nutricionista.


Boa leitura e bom descanso a todas!








Referências:livro Estratégias de Nutrição e Suplementação no Esporte, site Google Acadêmico, UFPR (Universidade Federal do Paraná).









Nenhum comentário:

Postar um comentário