terça-feira, 6 de dezembro de 2016




COMER A CADA 3 HORAS
EMAGRECE? MITO OU VERDADE?



Bom finalzinho de tarde chuvosa desta terça-feira! E hoje, você comeu bem? Quantas refeições você já fez ao longo do dia? Pelo menos era o que preconizavam vários profissionais, que era preciso fazer várias pequenas refeições ao longo do dia para manter o metabolismo acelerado e desta forma queimar gorduras. Mas estudos recentes confirmam que a frequência com que se come não tem relação com perda de peso.

Talvez para aquela pessoa que está iniciando um novo estilo de vida, possa ser útil para passar por um período de readaptação e mudanças de atitudes. Ajudará a não comer fora de hora, com compulsividade, comer aquilo que não devia, e colocar todo o seu primeiro esforço empenhado numa nova reeducação alimentar a perder.




Então o que se conclui é que essa história de comer a cada 3 horas é mito. Mas caso você tenha dúvida, faça como eu, pesquise e tire suas próprias conclusões. Respeite o seu organismo, coma quando estiver com fome. Agora se você acha que sente fome a toda hora, descubra os gatilhos que estão fazendo você sentir essa necessidade de comer em tão pouco tempo. Busque o equilíbrio, corpo, mente, espírito. Porque você pode estar buscando mais refeições quando o seu corpo ainda está processando os alimentos ingeridos na última refeição. Fome de verdade sentiam nossos antepassados, nossa geração com tanta oferta de comida nunca sentiu fome, sentimos é uma angústia por comida, é preciso saber se o que temos é só uma vontade de comer ou mesmo fome.

A dúvida é a seguinte, porque essa história foi defendida e divulgada a tanto tempo? Foi pelo fato onde se baseavam que o processo de digestão acelera o metabolismo, e isso realmente acontece, mas não a ponto da perda de peso. Um estudo da Universidade de Maastricht de 2012, mostra que quem come várias vezes ao dia pode elevar os níveis de glicose no sangue, ao contrário daqueles que fazem menos refeições, e isso te engorda, e te traz prejuízos para a saúde por manter os níveis de açúcar no sangue elevados durante todo o dia. No post que publiquei com o tema Low Carb, cito como esse aumento de glicose no sangue e picos de insulina podem fazer o seu corpo armazenar gordura e deixar de consumir a gordura dos tecidos adiposos, leiam caso tenham dúvida.

Muitos entendem que ao comer mais vezes, aceleram o metabolismo e com isso queimam mais calorias e assim emagrecem. Essa aceleração metabólica que acontece nesse processo devido a elevação térmica, será proporcional à quantidade de calorias que você ingere, o que faz com que comer 3 refeições ao dia ou 6  não muda a queima calórica, segundo ampla revisão de estudos feita sobre o tema em 1997.

Preste atenção que não é a quantidade de vezes que você come que importa, e sim a qualidade dos alimentos. Já reparou que as pessoas que usam esse método de se alimentar costumam comer refeições prontas ou semi-prontas, lanchinhos, snacks. Prefira então se alimentar de proteínas, gorduras boas, ovos e beba água, te dará mais saciedade e menos vontade de comer a toda hora.


E falando um pouquinho de quem pratica atividade física, que come a cada 3 horas e geralmente carboidrato, repense...a cada 1g de carboidrato(glicogênio), você retem 3g de água no músculo, a princípio parece interessante, mas você já foi naquela festa e no dia seguinte você muchou, isso que acontece quando não se tem massa magra e o que se tem é retenção hidríca. O músculo precisa é de aminoácidos para se desenvolver.


Resumindo faça as suas escolhas conscientes, prefira comida de verdade!

Recomendo também o filme FED UP, que trata temas interessantes relacionados com sobre peso,  mitos sobre dieta e atividade física no emagrecimento e a indústria alimentícia, acesse o link abaixo:





Bom final de tarde a todos.



Referências:

http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?pid=S1677-11682009000200006&script=sci_arttext&tlng=es

http://www.scielo.br/pdf/%0D/rbp/v23n4/7169.pdf

http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643883

http://revistas.ufpr.br/campos/article/viewArticle/1615

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/viewArticle/2216

http://www.scielosp.org/scielo.php?pid=S0103-73311997000200004&script=sci_abstract&tlng=fr

http://ideiasnamesa.unb.br/upload/bibliotecaIdeias/1390474764cd10_01.pdf#page=215

http://www.scielosp.org/pdf/rsp/v40n2/28537.pdf

http://ojs.uem.br/ojs/index.php/CiencCuidSaude/article/view/3990

http://www.scielo.br/pdf/%0D/csp/v13n3/0170.pdf

Nenhum comentário:

Postar um comentário